About frases de motivacao

• em que, mesmo sendo utilizadas estratégias que favoreçam a transferência de um conteúdo para que a compreensão seja consistente e permanente e para que ocorram generalizações, certas repetições (num sentido quantitativo) de um conteúdo deverão ser estabelecidas para que a memorização ocorra; quanto maior é o comprometimento (déficit), maior é a necessidade de repetições. A estimulação adequada/precisa também será necessária em certos momentos para a evocação1;

Muitos professores, principalmente do ensino elementary, alegam não se sentirem preparados e motivados para a docência de grupos tão diversificados como no caso da deficiência intelectual (CARVALHO, 2004; ROSSATO; LEONARDO, 2011). Entretanto, como bem apontado por Dias (2010), tanto o ensino standard em sala de aula comum quanto o AEE do aluno com deficiência intelectual não requerem uma abordagem pedagógica inteiramente nova e diferenciada.

Sinto que as pessoas culpam a velocidade dos dias por não terem tempo de realizar seus sonhos, mas se esquecem que são elas que criam o tempo para as vitórias!

• que não superestime as potencialidades do aluno, tendo em vista a frequente generalização de um nível muito inferior de dotação intelectual na deficiência intelectual;

Tenho meus sonhos, podem ser pequenos, mas são escadas para eu chegar ao topo da montanha, e quando isso acontecer vou me lembrar orgulhoso desses grãozinhos de tesouros.

A princípio, o professor que atuará junto ao aluno com deficiência intelectual não precisará saber tudo sobre a deficiência, não sendo exigida uma habilidade técnica além de sua formação pedagógica.

). Além disso, por mais dinâmico que seja o processo de ensino-aprendizagem do aluno com deficiência intelectual, o ensino escolar não terá potencial de ação suficiente para promover determinadas mudanças.

• que valorize a prática do brincar, a qual consiste em uma abordagem normal para o desenvolvimento humano, favorece o pensar e o fantasiar - até porque tal clientela apresenta déficit de abstração e contato com a realidade objetiva;

Segundo Sassaki (2005), cada vez mais se tem firmado a rejeição pelo termo mental em comparação ao termo intelectual, tal como estabelecem a Organização Pan-Americana da Saúde e a Organização Mundial da Saúde, na Declaração de Montreal sobre deficiência intelectual, de outubro de 2004.

• que reconheça interesses que o aluno já possui, a fim de favorecer a valorização, a motivação e o vínculo com o professor, o qual está partilhando de aspectos pessoais do aluno;

As interações interpessoais também são positivas por permitirem que o aluno se reconheça como parte integrante de um grupo, tendo favorecidas sua autoestima e sua afetividade;

• que estimule a curiosidade e desafie o aluno, a fim de gerar um repertório permanente de iniciativa e exploração ativa;

Quanto a essas peculiaridades terminológicas, ainda, faz-se necessária a distinção relativa à substituição do ultrapassado more info termo deficiência mental para o atual deficiência intelectual. O termo deficiência mental gera confusão com a doença psychological, sendo que esta consiste em um transtorno do tipo psicopatológico.

Ninguém é feliz totalmente, sempre há um vazio impreenchível, acostume-se a isso e se sinta feliz se a cada dia ainda lhe resta alguns sonhos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *